NOSSO BEM MAIS PRECIOSO

Dia 21 de março foi o DIA MUNDIAL DA ÁGUA. Esta data, para nós aqui da Revita, é mais do que importante, é especial. Decidimos então hoje, em comemoração ao dia, falar um pouco mais daquilo que é ESSENCIAL à vida!

Como muitos já sabem, daqui há alguns anos, toda a água potável disponível no mundo pode acabar. Segundo Dados da Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 1,1 bilhão de pessoas em todo o mundo não têm acesso a água potável atualmente. Nos países em desenvolvimento, esse problema aparece relacionado a 80% das mortes e enfermidades.

No Século 20, o consumo da água multiplicou-se por seis, duas vezes mais a taxa do crescimento da população mundial. Um total de 26 países sofrem escassez crônica de água e a previsão é de que em 2025 serão 3,5 bilhões de pessoas em 52 países nessa situação.

O problema é que a água doce, potável e de qualidade, está distribuída de forma desigual. O Brasil detém 53% da água doce da América Latina e 12% do total mundial e enfrenta sérios problemas no que diz respeito à disponibilidade de tal recurso e o mal-uso que fazemos dela.

Um bom exemplo de mal-uso que passa despercebido quase todo dia é quando usamos o banheiro, por exemplo. O Brasil é o único país que usa água limpa em muitos dos seus vasos sanitários. Em outros países, apesar de parecer potável, a água que encontramos em vasos sanitários é água de reuso.

Partindo deste ponto, podemos ver várias formas de desperdícios que praticamos de forma voluntária ou involuntária. Torneira aberta sem necessidade, uso de água potável para limpar quintal e carro etc. Apesar do nosso planeta azul ser composto com 70% de água, a maioria dela não pode ser utilizada.

Por enquanto, ainda não temos uma tecnologia acessível para fazer a dessalinização dos mares e mesmo que tivéssemos, um dia ela acabaria. Porém, o tempo ainda não se esgotou e podemos mudar as coisas com atitudes corretas.

Onde o reuso da água é mais indicado?

Desde o uso individual até o mais elevado nível de decisão empresarial, o reuso deve ser considerado em todos os ambientes. Em casa podemos reutilizar água descartada pela máquina de lavar roupas ou banho em vasos sanitários, ou até mesmo para lavar quintal ou calçadas.

Muitas cidades e prédios novos já utilizam água de reuso para a limpeza de ruas, áreas comuns e em descargas de vasos sanitários. Mesmo sendo uma prática utilizada no nosso dia a dia, o reuso da água pode ser adotado nos mais diversos tipos de empresas, desde que haja uma avaliação especial para cada caso e a utilização seja feita de forma correta.

Um dos grandes exemplos que podemos dar é a empresa Nestlé. A multinacional tem concentrado seus esforços na autossuficiência de suas fábricas. Em 2014, a Nestlé S.A. conseguiu esse feito por meio de um processo que reaproveita a água extraída do leite bovino em uma planta no México.

Esse conceito já chegou ao Brasil nas unidades de Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul. Chegou também na nova fábrica de cápsulas de café NESCAFÉ Dolce Gusto, em Montes Claros (MG). Nesta unidade, a água extraída da planta industrial vizinha de Leite MOÇA habilitou a produção a zerar seu consumo de recursos hídricos.

O método de reuso de água extraída do leite é adotado em 13 fábricas de lácteos no Brasil. O plano é zerar o consumo de recurso hídrico novo nas unidades. Em algumas fábricas, o modelo permite economias significativas: em São Paulo, nas plantas de Araçatuba e Araraquara, 185 milhões de litros de água são economizados por ano – o suficiente para abastecer 3,3 mil pessoas no mesmo período.

Um outro grande exemplo é a própria Revita. Nós, como recicladora de embalagens longa vida, reutilizamos a água do processo da reciclagem das caixinhas. O circuito é 100% fechado. Toda a água utilizada na produção é tradada e reintroduzida novamente ao processo.

Apesar de PARECER serem GRANDES mudanças, atente-se aos pequenos gestos. Enquanto estiver ensaboando as mãos ou escovando os dentes, feche a torneira. Na hora de lavar a louça, passe o sabão primeiro antes de abrir a água. São gestos pequenos que, somado à população do mundo, gera grande impacto no meio ambiente.

Viu? Pequenas ações podem gerar grandes impactos. #repense

« Voltar ao blog

A Revita

A Revita é uma empresa recicladora de embalagens longa vida pré e pós-consumo que reintegra celulose, alumínio e plástico à cadeia produtiva de diversos segmentos industriais.
É uma desenvolvedora de soluções ambientais. Na Revita tudo sempre fica Novo, de Novo.

Quer receber notícias sobre sustentabilidade, reciclagem, entre outros?

Cadastre aqui seu e-mail!

selo FSC

A Revita possui o selo FSC®️ (Forest Stewardship Council®️ ou Conselho de Manejo Florestal). O rótulo FSC®️ no Revitacel assegura o uso responsável dos recursos florestais do mundo! Clique aqui para fazer o download da nova política FSC.