CARNAVAL 2021 – SUA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL DEVE ENTRAR NA FOLIA!

Acabou o ano novo e já começamos a contagem regressiva para a maior festa do planeta: o Carnaval.

Seja no calor dos blocos, nos passos do frevo ou nos batuques das baterias, esta é à hora em que todo mundo esquece a rotina e deixa rolar a emoção.

Mas em tempos de pandemia a aglomeração precisa ser evitada. Mas então, como será o carnaval em 2021?

A folia e o feriado sofreram alterações de data por conta da pandemia, e nós da Revita recicladora de embalagens cartonadas, já nos prevenimos e adiantamos em nosso blog, que é possível cair na folia e ter atitudes sustentáveis, mesmo curtindo esta data em casa!

Acompanhe algumas dicas de consumo consciente!

Lixo é no lixo

Mesmo em passeios mais tranquilos não podemos esquecer a dica mais básica: o lixo é no lixo! Lixos acumulados nas calçadas entopem bueiros, e colocam em risco o meio ambiente e sua fauna e flora.

O melhor a se fazer é sempre procurar produzir a menor quantidade de lixo possível, porém quando isso não for possível, procure guardar em uma sacola ou mochila até encontrar um local adequado para o seu descarte.

Copo reutilizável

Apesar da praticidade de utilizar materiais descartáveis, estima-se que, somente no Brasil, consumimos cerca de 720 milhões de copos plásticos descartáveis diariamente. E já sabemos que a maioria desse lixo não é reciclada, e que demoram anos para se decompor. Temos em vigor uma nova lei proibindo os descartáveis, mas ainda vamos nos deparar com eles por aí por um tempo.

A alternativa mais certeira para se refrescar é tentar produzir o mínimo de lixo possível, uma ótima ideia é ter sempre na bolsa o próprio copo. Assim você evita prejudicar o meio ambiente.

Canudos de plástico

Muito falamos aqui que a melhor opção é extinguir o uso de canudos plásticos, já que eles são feitos a partir de polipropileno e poliestireno, levando mais de 200 anos para se decompor, poluindo principalmente praias e oceanos, já existe uma lei na qual diz que eles são proibidos, porém ainda nos deparamos com eles por aí, então vamos continuar fazendo nossa parte!

Opte por canudos recicláveis ou reutilizáveis, ter o seu próprio canudo é uma ótima opção!

Glitter biodegradável

Pouca gente imagina, mas o glitter é um malefício para o meio ambiente. Já que ele é composto por micropartículas de plástico não reciclável, responsáveis por grande parte da poluição dos rios e oceanos.

Sabemos que é um item indispensável nas produções carnavalescas, mesmo que essa produção seja em casa. Entretanto, não se desespere, existem diversas versões biodegradáveis feitas com materiais naturais. Dê preferência aos produtos que são amigos do meio ambiente e assim você se diverte com sua família sem prejudicar o planeta.

Confete ecológico

Bastante populares nos blocos de rua, os confetes e serpentinas podem ser feitos de papel ou de plásticos e realizam uma bagunça desnecessária que pode deixar rastros durante meses. Neste carnaval não vamos ver essa folia na rua, mas para você que não quer abrir mão do costume e vai festejar em casa e até com as crianças, existe uma opção sustentável e divertida. Com folhas e flores secas e um furador de papel é possível fazer seu próprio confete biodegradável.

Depois de todas as nossas dicas sustentáveis, você pode curtir esse carnaval em casa de forma mais tranquila e ainda ensinar muito para as crianças.

Como será seu carnaval em casa? Será do bloco foliões sustentáveis?

« Voltar ao blog

A Revita

A Revita é uma empresa recicladora de embalagens longa vida pré e pós-consumo que reintegra celulose, alumínio e plástico à cadeia produtiva de diversos segmentos industriais.
É uma desenvolvedora de soluções ambientais. Na Revita tudo sempre fica Novo, de Novo.

Quer receber notícias sobre sustentabilidade, reciclagem, entre outros?

Cadastre aqui seu e-mail!

selo FSC

A Revita possui o selo FSC®️ (Forest Stewardship Council®️ ou Conselho de Manejo Florestal). O rótulo FSC®️ no Revitacel assegura o uso responsável dos recursos florestais do mundo! Clique aqui para fazer o download da nova política FSC.