Revitacel

Fibras com mais resistência, produtos com mais qualidade – celulose reciclada.

A celulose reciclada Revita é utilizada na produção de papel, papelão, papel cartão, papéis higiênicos, telhas e outros produtos. Sua principal vantagem é ser a primeira reciclagem, ou seja, o tamanho da fibra é preservado. Por isso, a matéria-prima é uniforme, garantindo a qualidade da celulose.

Mas afinal, o que é Celulose?

Invisível a olho nu, a celulose é encontrada dentro das células da maioria dos vegetais. Com característica fibrosa, é ela que garante rigidez e firmeza aos vegetais.

A extração da celulose se dá principalmente nas florestas de eucalipto; é uma das substâncias básicas na fabricação de papel, mas as indústrias também a utilizam para fabricar tintas, vernizes, plásticos, filmes e diversos produtos químicos.

Por conta da grande extração que realizam, as indústrias de papel e celulose (e também as siderúrgicas) são apontadas como grandes reflorestadoras, utilizando o reflorestamento para fins comerciais, extraindo 70,8% de sua matéria-prima de eucaliptos e 22% de pinus.

Essa prática permitiu que o Brasil se tornasse um dos maiores produtores de produtos de reflorestamento do mundo, sendo o papel e a celulose os maiores deles.

O papel é amplamente utilizado no mundo inteiro. Seu consumo vem duplicando a cada dez anos, e hoje representa 20% dos resíduos sólidos produzidos por nós, brasileiros.

Produzido a partir da celulose, extraída das árvores, o papel tem sido foco de diversas iniciativas que visam reduzir o impacto ao meio ambiente. Uma delas, e a mais importante, foi a adoção do manejo florestal sustentável, em que grandes áreas são reflorestadas por meio do plantio de mudas, diminuindo assim, os impactos ambientais.

A reciclagem da celulose também reduz a necessidade da extração de árvores. De acordo com a norma brasileira ABNT NBR 15755, de 2009, o papel reciclado precisa conter, no mínimo, 25% de aparas pós-consumo e, no máximo 50% de fibras recicladas. Essa norma certamente não tem como objetivo resolver os impactos causados no meio ambiente, mas ajuda sim, a minimizá-los.

O custo dos papéis reciclados é ligeiramente maior que o daqueles produzidos a partir de fibras virgens, mas quando incluímos nesse cálculo os benefícios ao meio ambiente – como a garantia da biodiversidade, regulação do clima, redução do carbono na atmosfera, conservação das reservas de água, etc – o custo do reciclado se torna infinitamente menor.

Podemos encontrar papel reciclado no miolo de livros, revistas, material promocional (folder, folheto, cartaz, mala-direta), convites, papelaria em geral, extratos bancários, blocos, cadernos, agendas, calendários e sacolas, entre outros materiais.

Ao ampliar o consumo do papel reciclado por meio da celulose reciclada, ampliamos também os benefícios ao meio ambiente, promovendo maior qualidade de vida para todos e desenvolvimento para toda a cadeia: meio ambiente, cidadãos e indústrias.

Na Revita é assim: ajudamos a construir hoje o mundo que desejamos amanhã!

A Revita

A Revita é uma empresa recicladora de embalagens longa vida pré e pós-consumo que reintegra celulose, alumínio e plástico à cadeia produtiva de diversos segmentos industriais.